Os Fatos mais inacreditáveis e curiosos do mundo estão aqui!

, / 2475 0

OS VAMPIROS MAIS ASSUSTADORES DO MUNDO

SHARE

Desde pequenos somos familiarizados com a expressão “vampiro”, uma criatura mística e/ou folclórica que se parece com um homem mas se alimenta de sangue humano, tem hábitos noturnos e só pode ser morto através de uma estaca penetrada em seu peito. Desde a antiguidade há histórias de caos e histeria coletiva quando mencionado a possibilidade de sua existência.

Entretanto, o que muitos não sabem é que com o passar dos séculos foram surgindo relatos de vários tipos de vampiros ao redor de todo o mundo. Um mais assustador que o outro. Esqueça os seus conceitos da palavra vampiro, conheça agora os 10 vampiros mais assustadores do mundo, tão assustadores que deixam qualquer Drácula no chinelo:

9 – Callicantzaro – Grécia

Callicantzaro, é um vampiro de porte pequeno, metade lobo – metade humano que possui natureza violenta, olhos negros, garras e dentes afiados. Os Callicantzaros passam o ano todo aprisionados no inferno sofrendo todo o tipo de castigo. As criaturas só podem vir à Terra uma vez ao ano, no período do Natal até o Ano Novo. Logo, eles aparecem afim de descontar todo o sofrimento que passaram durante o ano inteiro, dizimando cidades inteiras e castigando seus moradores.

Segundo a lenda grega, toda criança nascida entre o Natal e o Ano Novo se tornará um Callicantzaro e só há um jeito de prevenir isso: Colocar o recém-nascidos perto da fogueira até que as unhas de seus pés estejam completamente chamuscadas. Depois disso, os familiares devem comer todas as unhas, sem deixar nenhuma para trás. Assim então o bebê estará a salvo da maldição.

Caso isso não ocorra, dentro de algum tempo o bebê se tornará um monstro e imediatamente mandado para o inferno. Quando enfim conseguir retornar a Terra, como vingança, o Callicantzaro irá atrás de todos os seus familiares sobreviventes, irá torturá-los rasgando seus membros um a um com suas garras e por fim devorá-los. Depois disso, usará o restante de seu tempo para descontar todo o seu ódio e fúria sobre os vivos.

Em algumas regiões da Grécia ainda acredita-se na existência dos Callicantzaro.

8 – Penanggalan – Malásia

Penanggalan é uma vampira da cultura malaia. Segundo a lenda, durante o dia ela assume forme de uma mulher bonita e atraente, porém, quando a noite chega, ela se transforma em uma vampira. Do corpo da bela mulher surge um monstro. A cabeça da Penaggalan se separa do corpo e flutua pelas noites carregando o resto das entranhas de seu corpo.

Há casos escritos em que a vampira manipula cada órgão seu como se fossem tentáculos, usando-os para atacar e matar suas vítimas. Quando ocorre a transformação o corpo da vampira começa a se decompor instantaneamente e para sobreviver ela precisa armazenar o corpo vazio em um pote com vinagre para ter sua aparência de mulher novamente pela manhã.

Segundo a lenda, a criatura é criada através de mulheres que tentam adquirir beleza através de magia negra, pactos satânicos, rituais ou ações sobrenaturais e são amaldiçoadas. A Penanggalan se alimenta de sangue de recém nascidos e gestantes. Em casos mais extremos, após beber o sangue das vítimas ela também os devora.

Para afastar a vampira os malaios amarravam cabeças de cebola e alho ao redor da casa. Mas isso servia apenas para afastá-la. A única forma de matá-la definitivamente é encontrando o pote com o corpo do monstro e derramar alho e cabeças de cebola lá dentro.

7 -Asasabonsam – Gana

Monstro de formas humanas e dentes de ferro, encontrado no folclore dos povos Ashanti, em Gana. Segundo a lenda, o vampiro morava nas profundezas da floresta, e raramente podia ser encontrado. Para atacar, o Asasabonsam utilizava uma tática peculiar: Do topo de uma árvore, o vampiro balançava suas pernas e agarrava as vítimas desprevenida com seus pés, providos de asquerosas garras em forma de gancho.

Diferentemente do resto dos vampiros, essa criatura alimenta-se tanto de animais quanto de humanos. O monstro tem características peculiares, quando captura uma vítima humana, ele morde primeiramente os polegares dos pés, para impedir que a presa fuja.

6 – Varacolaci – Romênia

Este vampiro romeno é considerado um dos mais poderosos. Diz-se que ele tem a capacidade de causar eclipses lunares e solares. Eles tem a aparência de um humano com a pele seca e pálida.

O Varacolaci repõe sua energias através da energia dos astros, por isso, para conseguir forças para caçar ele precisa “engolir” a lua ou o sol, causando assim , eclipses lunares e/ou solares. Depois de se repor suas forças, a criatura sai para a caça, devorando todo ser humano que cruza seu caminho.

5 – Upier – Polônia

Diferente dos outros vampiros, o Upier tem seus hábitos diferentes. Ao oposto dos demais vampiros que se levantam durante à noite para saciar sua sede de sangue, o Upier tem hábitos diurnos. O monstro sai para caçar ao meio dia e volta para sua tumba a meia noite.

Com uma sede insaciável por sangue, o monstro precisa de uma quantidade muito maior do líquido para sobreviver do que as demais criaturas, por isso, além de beber o sangue de suas vítimas, o monstro também se banha nele.

Outra peculiaridade do Upier, ele não possui presas. O monstro tem ferrões em baixo da língua que usa para matar as vítimas. Primeiramente ele te abraçará e perfurará a língua em seu pescoço para se deliciar do seu sangue. O monstro tem preferência por matar pessoas que foram seus amigos ou familiares durante sua vida como humano. Segundo a lenda, se algum amigo seu se tornar um Upier, você pode saber que estará em seu cardápio.

4 -Neuntöter – Alemanha

Conhecido por ser uma arma biológica e causar a morte e destruição por onde passa, o monstro carrega consigo todas as pragas e doenças letais conhecidas que se espalham por onde ele passa, contaminando a tudo e a todos. Por isso, todas as vezes que se teve notícias de suas aparições foram em épocas de epidemias generalizadas.

O corpo do Neuntöter é coberto de feridas abertas que escorrem pus constantemente e transmitem seus germes mortais. Segundo a lenda, um cadáver leva 9 dias para se transformar em um Neuntöter

3 – Yara-ma-yha-who – Austrália

Segundo a lenda, o Yara-ma-yha-who é uma estranha criatura de tons avermelhados de aproximadamente 1,25 metro de altura. O monstro vive nas copas das árvores e apesar de seu tamanho são mortalmente fortes. Quando algum viajante dá uma pausa para aproveitar a sombra das árvores, o monstro ataca.

Completamente diferente de outras criaturas, o Yara-ma-yha-who não tem presas, quando ataca alguém, ele imobiliza a vítima e drena seu sangue através das ventosas presentes em suas mãos e pés. Após deixar sua vítima fraca e sem condições de fugir o monstro a engole e vai tirar uma soneca para que seu organismo absorva os nutrientes da pessoa. Detalhe, isso tudo com a vítima viva. A criatura repete esse procedimento várias vezes, até que a presa dissolva dentro de seu corpo. Por isso, é conhecido como o “vampiro do vômito”.

Após sua noite de diversão o monstro volta para a copa de sua árvore e espera a próxima refeição.

2 – Nelapsi  – Tchecoslováquia

Nelapsi, é um dos vampiros mais poderosos e cruéis do mundo. Conhecido por ter dois corações e poderes semelhantes ao do basilisco, ele é capaz de acabar com uma cidade inteira em uma única noite. Com o olhar que petrifica tudo o que vê, Nelapsi deixa suas vítimas paralisadas, mas conscientes quando quer matá-las.

Quando o vampiro começa um ataque, não para até o nascer do sol, não importa o quão já tenha se alimentado. Além de tudo, o vampiro não apenas suga o sangue de suas vítimas, mas as tortura até o último segundo, comendo parte por parte de seu corpo e bebendo o sangue.

Além de conseguir paralisar suas vítimas com o olhar, o vampiro também consegue matá-las apenas mantendo contato visual. E como se não bastasse, o passa tempo do monstro é subir no alto de torres ou montanhas para matar cidades inteiras apenas olhando para elas.

1 – Brahmaparush – Índia

O terrível e horripilante vampiro da Índia é considerado o pior vampiro do mundo. A criatura tem prazer em matar seres humanos e devorar seus cérebros.

Mais serial killer do que vampiro, o monstro se orgulha de seus assassinatos e traz enrolados em seus pescoço e cabeça o intestino de suas vítimas. Além disso, quando sai para atacar o monstro leva consigo um crânio que usa como copo quando vai beber o sangue das vítimas. Após drenar todo o sangue, Brahmaparush irá devorar o cérebro da presa e depois todos os órgãos, só se dando por satisfeito quando engolir até o último osso. Para finalizar o banquete macabro, o mostro enrola o intestino da vítima na cintura e dança, fazendo um ritual em volta do cadáver.

Não há muitas informações sobre a origens dessas criaturas, alguns mitos hindus dizem que esse tipo de monstro são demônios que possuem corpos humanos para saciar sua sede de sangue.

 

 

PASSWORD RESET

LOG IN